Líder do PSDB encaminha posição favorável ao Regime de Recuperação Fiscal do RS

8 fevereiro 2018
133 Visualizações

O líder do PSDB na Assembleia Legislativa, deputado Lucas Redecker, encaminhou da tribuna a posição favorável do partido ao projeto do Regime de Recuperação Fiscal, durante sessão extraordinária na madrugada desta quinta-feira (08).

Da tribuna, Redecker contestou o discurso dos deputados de oposição. “No governo Tarso, durante a votação do Pacotarso, que ocorreu no dia 28 de junho de 2011, 80% dos projetos encaminhados pelo governo Tarso vieram encaminhados para esta Casa em regime de urgência. Foi o governo que mais mandou projetos em regime de urgência, encurtando o prazo das discussões”, argumentou. Conforme Redecker, a ampla maioria ou a totalidade dos projetos que eram protocolados pelo governo Tarso tinham requerimento de preferência, impedindo assim a discussão das emendas. “Isso está registrado nos anais desta Casa, é só procurar”, disse, dirigindo-se aos manifestantes que estavam nas galerias.

O líder tucano também lembrou que o PT teve oportunidade no governo Tarso de resolver o problema da dívida do RS com a União, através do que foi denominado à época de “alinhamento das estrelas”, e apontado como solução para os problemas do RS, mas nada aconteceu. “E hoje o PT novamente não apresentou nesta tribuna uma solução concreta para resolver o problema da dívida, que eles também ajudaram a criar”.

Redecker, que no período do governo Tarso também era líder do PSDB na Assembleia Legislativa, lembrou que o governo petista buscou R$ 2,4 bilhões em empréstimos que deveriam ter sido usados em investimentos, mas serviram para pagar o custeio da máquina pública. “É bom lembrar! Se fala muito de juros aqui na tribuna, mas o PT esquece que sacou R$ 5,7 bilhões dos depósitos judiciais, e em virtude disso o Estado paga R$ 500 milhões de juros por ano. É o mesmo valor do juro que vai se pagar com o acordo que está sendo proposto agora”, argumentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>