Redecker quer transporte público coletivo com recursos digitais de localização em tempo real

6 agosto 2017
103 Visualizações

Ao apresentar o projeto de Lei (PL) 82 2017, o deputado Lucas Redecker (PSDB) pretende a adoção, no transporte público coletivo, de recursos digitais que permitam informações na Internet, sobre o mapa de percurso dos veículos, sua localização, chegadas e partidas, em tempo real.

Para tal intento, o parlamentar acresce mais um inciso (o XIX) ao artigo 5º, onde constam as diretrizes que orientam a Política Estadual de Mobilidade Urbana Sustentável do RS (Lei nº 14960, de dezembro de 2016).

Com o PL, Redecker objetiva valer-se da universalização da informação para garantir a segurança dos usuários. O deputado sustenta, na justificativa anexa ao PL, que a medida proposta é exequível e viável, tendo em vista que já existem aplicativos com este conteúdo, como é o caso do Uber, Cabify e Waze. “Com a universalização dos aparelhos GPS (Global Positioning System) é possível localizar, em tempo real, cada veículo e é possível calcular o tempo que do deslocamento de um determinado ônibus de um ponto a outro ponto e, assim, evitar longas esperas”.

Ainda em sua justificativa, Redecker afirma que a prestação de serviços aos consumidores pressupõe o acesso a informações claras e precisas, que se tornam ainda mais relevantes quando se trata de transporte de passageiros. Para ele, a localização do embarque, o horário de partida ou de chegada e a rota, em tempo real, são fatores determinantes para a tomada de decisão de qual modal utilizar para quem tem alternativas como o transporte individual. “Dessa forma, novas soluções podem ser adotadas visando atrair o usuário do transporte individual para o transporte coletivo interurbano, mais sustentável quando pontual e seguro”, observa.

Por último, Redecker argumenta que saber o horário estimado que o ônibus vai passar é uma informação vital “A pessoa não precisará perder tempo no aguardo do ônibus. Os longos e incertos momentos de espera serão superados, o transporte de pessoas deixará de estar à mercê da prática de crimes e assaltos poderão ser evitados”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>