Instalada Frente Parlamentar em apoio à extensão da BR 448

4 julho 2017
158 Visualizações

Em solenidade realizada na Sala Convergência, na Assembleia Legislativa, foi instalada nesta terça-feira (04), a Frente Parlamentar de Apoio à Extensão da BR 448. De iniciativa do deputado estadual e líder da Bancada do PSDB, Lucas Redecker, a frente visa manter em evidência o debate sobre a necessidade de extensão da rodovia, que localiza-se numa das regiões mais movimentadas do RS.

Redecker afirmou que a partir da instalação inicia-se a agenda de atividades da frente, que está prevendo uma reunião regional, nas próximas semanas, reunindo os municípios diretamente afetados pelo lote 2 e, na sequência, reunião com a bancada federal no Congresso, objetivando angariar o apoio dos deputados federais à causa. “A frente parlamentar é a garantia que esse assunto será debatido dentro da Assembleia Legislativa. Essa pauta não é de um ou dois deputados, é do Parlamento, de um poder. Prova disso é a assinatura de todos os deputados ao documento criando a frente”, argumentou. E complementou: “vamos precisar de cada um no decorrer dos trabalhos para poder tirar a rodovia do papel, unindo forças e deixando as bandeiras partidárias de lado, pois a frente é suprapartidária”.

A prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt, discursou em nome dos prefeitos presentes. Segundo ela, antes de se falar no custo da obra, é importante pensar no custo de não fazê-la. “O Vale dos Sinos não tem outra rodovia alternativa. Precisamos sim dela, assim como precisamos nos engajar e apoiar o trabalho da frente”, disse.

O representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Carlos Alberto Garcia Vieira, explicou que a obra está atrasada e os reflexos disso pode ser visto diariamente na BR 116. Conforme ele, em 2013 foi lançado edital para execução do trecho e posteriormente identificou-se que o mesmo estava com problemas e sem tempo hábil para a correção. “Neste momento trabalhamos com o estudo de viabilidade técnica e ambiental, mas a obras ainda não saiu do papel por absoluta falta de recursos”, argumentou. Para ele, o prolongamento da BR 448 é sim fundamental para a sociedade gaúcha e é preciso chamar a atenção do governo para aplicar recursos nela.

Participaram do evento os deputados estaduais Catarina Paladini, Pedro Pereira, Zilá Breitenbach, Any Ortiz, além de prefeitos, vereadores, lideranças empresariais e entidades de classe.

Sobre a extensão da BR 448

O lote 2, como é chamado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), pretende ampliar a rodovia em 18,7 quilômetros a partir do quilômetro 6, em Esteio, até a RS-240, em Portão, no Vale dos Sinos. O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) está aos cuidados do Dnit e do Consórcio Magna-Enecon, com custo estimado de R$ 1 milhão. O levantamento técnico também contempla o Lote 3 de expansão da Rodovia do Parque, que vai da RS-240, em Portão, até a BR-116, em Novo Hamburgo. A estimativa é de que a obra custe R$ 1 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>