Projeto do Aeroporto 20 de Setembro será apresentado à Fraport

13 junho 2017
842 Visualizações

Em reunião com o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen, nesta terça-feira (13), ficou definido que o projeto para construção de um novo aeroporto fora de Porto Alegre será apresentado à empresa alemã Fraport, vencedora do leilão que vai administrar o Aeroporto Salgado Filho pelos próximos 25 anos. Participaram do encontro o deputado estadual Lucas Redecker, acompanhado de comitiva do Vale dos Sinos, formada por Nelson Riet (coordenador do comitê do Aeroporto 20 de Setembro), Mário Gusmão, João Hermes Nogueira Junqueira, Marcos Müller, André Ficht e Miguel Schmitz.

Redecker lembrou que há um estudo pronto e uma área de terras desapropriada para instalação do empreendimento, localizada entre os municípios de Portão e Santa Rita. A comitiva também argumenta que não há possibilidade de construção de mais uma pista junto ao Aeroporto Salgado Filho bem como qualquer outra expansão no entorno do aeroporto. “Sabemos, por experiência, que o Salgado Filho tem um limite de tempo. Vai se criar algumas alternativas que vão melhorar um pouco, mas em algum momento tem que ter uma nova área disponível. As gerações futuras vão precisar deste aeroporto”, afirmou o coordenador Nelson Riet.

O secretário Pedro Westphalen disse que pelos gargalos logísticos de Porto Alegre e argumentos técnicos apresentados pela comitiva, não restam dúvidas que o Rio Grande do Sul precisa ter um segundo aeroporto para transporte de passageiros e cargas. “O 20 de Setembro é uma necessidade, até por causa do nosso turismo”, afirmou. Ele garantiu que fará contato com a empresa alemã para agendar uma reunião de apresentação do projeto para quem sabe, posteriormente, desenvolver-se em conjunto um projeto para tirar a iniciativa do papel.

O que é o Aeroporto 20 de Setembro?

Batizado provisoriamente de 20 de Setembro, o novo aeroporto internacional poderá ser construído entre os municípios de Portão e Nova Santa Rita, há quase 30 km de Porto Alegre. Há um estudo pronto, coordenado por um grupo de trabalho denominado 20 de Setembro, que prevê a utilização de uma área de 2,5 mil hectares para a construção do novo aeroporto.

De acordo com o deputado Lucas Redecker, o local oferece algumas vantagens em relação ao Aeroporto Salgado Filho. Na área onde deverá ser erguida a obra, não haverá os problemas de neblina que hoje o Salgado Filho enfrenta, principalmente pela manhã e à noite. Outra vantagem, diz Redecker, é a previsão de construção de duas pistas – uma para decolagens e outra para pouso. As pistas seriam também mais longas que as atuais do Salgado Filho, o que daria condições de receber voos internacionais. Além disso, o aeroporto ficaria a 29,3 km de Porto Alegre, a mesma distância que tem o aeroporto de Guarulhos de São Paulo e a exemplo do aeroporto de Confins, que fica a 40 km de Belo Horizonte.

Conheça algumas das principais características do novo aeroporto:

– Previsão de construção de duas pistas – uma de 3,2 mil metros e outra com 2,7 mil metros mais longas que a atual do Salgado Filho
– Condições para receber voos internacionais e atuar no transporte de cargas
– Condições para receber até 30 milhões de passageiros por ano
– Localização intermediária entre SP e Buenos Aires
– Terá condições para pousos e decolagens com qualquer situação climática
– Estará localizado a 19 quilômetros da Arena do Grêmio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>